• Folha de Jaraguá

Pesquisa Serpes mostra Bolsonaro com pequena vantagem sobre Lula em Goiás

16/07/2022 (19hs35m) - Primeira rodada em que o Instituto Serpes mede a preferência do eleitorado em Goiás para a presidência da República confirma a polarização entre o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que tenta retornar ao Palácio da Alvorada.


Respectivamente, ambos têm 38,7% e 37,3%. A pesquisa é a estimulada, onde os nomes são apresentados aos entrevistados e o levantamento foi divulgado pelo jornal O Popular nesta sexta-feira (15/07).


Sem incomodar a polarização Bolsonaro-Lula, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) tem 5% e a senadora Simone Tebet (MDB) tem 2,1%, de acordo com a pesquisa Serpes Goiás. O deputado federal André Janones (Avante) figura com 1%; o coach, empresário e influenciador digital goiano Pablo Marçal (Pros), 0,9%; o general Santos Cruz (Podemos), 0,4%; a sindicalista Vera Lúcia (PSTU), 0,2%; e o cientista político do Novo, Felipe D’Ávila, a economista Sofia Manzano (PCB) e o técnico em eletrônica Leonardo Péricles (UP), 0,1,% cada.


Quando os entrevistados não recebem a cartela pela pesquisa Serpes Goiás, na pesquisa espontânea, o cenário da polarização não muda: Bolsonaro aparece com 33,8% e o ex-presidente Lula tem 31%. Ciro tem 2,1% e Tebet, 0,7%. 26,5% dos eleitores goianos afirmam não ter decidido em quem votar para o Planalto e outros 4,4% disseram que vão anular ou não votarão. 


Pesquisa Serpes Goiás ouviu 801 eleitores. A margem de erro é de 3,5 pontos porcentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança, de 95%. A pesquisa foi contratada pela Organização Jaime Câmara e registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Goiás sob protocolo GO-02837/2022 e no Tribunal Superior Eleitoral com o número 09130/2022.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
IPTU AGOSTO.jpg
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif
900x170.gif