PATROCÍNIOS
  • Folha de Jaraguá

Jogadores do Jaraguá estão sem receber após paralização, Diz Globo Esporte

Estreante na primeira divisão do Campeonato Goiano, o Jaraguá fez bonito enquanto a bola rolou. Em 10 partidas, o Gavião da Serra somou seis vitórias, dois empates e duas derrotas, ocupando a segunda posição, atrás somente do Atlético-GO.


A boa campanha foi interrompida por conta da pandemia do coronavírus, que paralisou o futebol em todo o país. A pausa deu início a um verdadeiro drama para os jogadores do elenco, já que a maioria não recebeu nenhum centavo após o fim das atividades.


A situação se estende a todos os funcionários do clube e foi confirmada pelo diretor de futebol do Jaraguá, Miler Meira, ao GloboEsporte.com. Segundo o dirigente, a pausa inesperada deixou o clube em apuros.


- Devo ir para Jaraguá nesta semana para ter uma resposta para os jogadores e os demais envolvidos. É uma grande dificuldade por causa da paralisação, a prefeitura está com dificuldade, infelizmente estamos passando por isso – disse Miler Meira, por telefone.

A folha de pagamento do Gavião da Serra fecha no dia 16 de cada mês. Ficou faltando aos jogadores o repasse dos salários referentes ao período entre 16 de fevereiro e 16 de março e também os dois dias trabalhados até a paralisação do Campeonato Goiano.


O grande mal-estar causado foi pela forma como a situação foi conduzida. O Jaraguá entrou em campo pela última vez no dia 16 de março, no empate por 4 a 4 contra a Anapolina. No decorrer desta semana, o Campeonato Goiano foi paralisado, e o elenco, dispensado.

A diretoria, então, efetuou o pagamento, mas os cheques voltaram. Na semana passada, a proposta foi pagar 50% e quitar a outra metade nesta semana. Contudo, apenas quem tinha conta na Caixa Econômica Federal recebeu este valor. Beline Barros, representante de um grupo de atletas do Jaraguá, comentou a situação.

- A diretoria deu cheques sem fundo referentes ao mês de fevereiro e aos dias trabalhados de março. O clube então informou que tentaria levantar 50% e que pagaria a outra metade depois. Mas só quem tinha conta na Caixa recebeu. Quem não tinha essa conta não recebeu nenhum centavo.


Jogador desabafa

Um atleta ouvido pela reportagem, que preferiu não se identificar, afirmou que um colega do elenco já passa por dificuldades e que os demais jogadores se uniram para ajudá-lo. A preocupação é grande porque, segundo ele, a minoria recebeu os 50% prometidos pela diretoria.


- Basicamente pagaram 50% só para um terço do elenco, só quem tinha conta na Caixa Econômica Federal recebeu. Falaram que era problema de banco, de transferência, nunca vi isso. Agora já estão falando que não têm o recurso. Estamos ficando loucos sem saber o que fazer. Já tem jogador passando necessidade, nós estamos nos unindo para ajudá-lo - disse o atleta, por telefone.



midia02.png
GIF-JARAGUA-ATUALIZADO.gif
petro-arabe2-17-8.gif

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá