• Folha de Jaraguá

Goiás está entre os 10 estados que mais aplicaram 1ª dose contra Covid-19

01/05/2021 (13hs15m) - Goiás está entre as 10 Unidades da Federação (UF) que mais aplicaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19. De acordo com dados absolutos do Ministério da Saúde (MS) de sexta-feira (30/04), foram vacinadas 905.603 pessoas no território goiano. O avanço no ranking é resultado da intermediação do governador Ronaldo Caiado para que houvesse mais empenho por parte dos gestores municipais de saúde na atualização dos números no sistema oficial de registro. Para o secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino, “isso mostra o trabalho da gestão e o engajamento das pessoas em relação à campanha”.


O resultado mostra o constante crescimento no ritmo da vacinação em Goiás, que se encontrava na 18ª posição no ranking dos estados que mais imunizaram suas populações no dia 6 de abril deste ano. Na semana seguinte, passou a ocupar o 11º lugar, e, agora, se mantém na décima colocação, atrás de outras UFs mais populosas. Com a demora nas notificações, o registro dos dados fica prejudicado, o que pode comprometer o processo de imunização, já que fica evidente uma defasagem entre o número de doses recebidas e aplicadas.


Para o titular da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), Ismael Alexandrino, os números da vacinação já alcançados se devem ao esforço da gestão estadual e da equipe técnica para que os imunizantes cheguem o mais rápido possível até o usuário. "Desde o início da campanha temos adotado uma logística para entrega ágil das doses. Isso vai possibilitar que Goiás seja um dos primeiros estados a concluir a imunização do grupo dos idosos”, destaca Alexandrino.


O secretário explicou ainda que nos próximos dias será possível avançar na aplicação da vacina nas pessoas com comorbidades. Para isso, os municípios deverão informar ao Estado se finalizaram os grupos anteriores. "Foi acordado que as cidades precisarão nos comunicar formalmente quando for concluída, de fato, a vacinação das pessoas com mais de 60 anos de idade, trabalhadores da saúde e forças de segurança e salvamento. Após essa comprovação, a aplicação de doses no grupo das comorbidades será imediata", detalha Ismael.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif