• Folha de Jaraguá

Goianésia tem morte investigada por suspeita de Coronavírus

De acordo com o Portal Meganesia, a morte de um paciente na Unidade de Pronto Atendimento - UPA - está sendo investigada como suspeita de coronavírus. O paciente teria dado entrada na unidade de saúde com insuficiência respiratória e morrido minutos depois.


A UPA seguiu os protocolos e orientações do setor de epidemiologia da cidade, coletou a amostra de material pelo método swab nasal e orofaríngeo e encaminhou ao Lacen-GO, em Goiânia. Dentro de alguns dias o resultado deverá ficar pronto.


Em contato com o Secretário de Saúde, Hishan Mohamed Hamida, ele confirmou a morte do paciente, e sem entrar em detalhes explicou que obedecendo aos protocolos do Ministério da Saúde qualquer caso suspeito de problemas respiratório, que foi o caso deste paciente, o material deve ser colhido e enviado para análise, e o velório seja feito com caixão lacrado. O secretário reiterou ainda que somente o resultado do exame, que deve ficar pronto em 15 dias, identificará a causa da morte. O secretário enfatizou também que tem cobrado mais agilidade ao Lacen-GO.


O Boletim Epidemiológico divulgado neste sábado, 11, pela Secretaria Municipal de Saúde - SMS - mostrava que a cidade possuía 30 casos sendo investigados, mas esta é a primeira morte que será investigada pela SMS como possível provocada por coronavírus. Ele não estava na lista dos suspeitos, e nem na lista dos testados como positivo, que vinha sendo acompanhados pela SMS.


A SMS ainda acompanha 13 casos testados como positivo, das quais duas já estão curadas, e outras próximas de serem declaradas curadas. Dos 69 casos em análise na cidade, 26 já foram descartados.


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif