• Folha de Jaraguá

Família de homem esfaqueado em Jaraguá nega que ele tenha molestado criança

A filha do homem esfaqueado no início da noite de quinta-feira, 20 de agosto, rebateu a versão da Polícia Militar sobre os fatos ocorridos nas imediações da GO-080, depois do Saraiva, próximo à região do cavalo em Jaraguá. Nas informações apuradas pela PM e repassada à imprensa o autor da tentativa de homicídio disse que teria atingindo a vítima depois de suspeitar que uma das crianças que estava com ele, teria sido molestada pelo homem, porém a família nega.


De acordo com a filha que procurou o repórter Wellington Marques, seu pai, a vítima de tentativa de homicídio, é um homem honesto, zeloso pela família, trabalhador e quem o conhece testemunha isso a respeito dele. “Ele não faz mal a ninguém, nem a um animal, quem dirá a uma criança” frisou. Ela reclamou que a família não foi ouvida pela imprensa, mas, no entanto, nesses casos os nomes dos envolvidos não são divulgados pela polícia, impossibilitando a imprensa de procura-los.


A vítima foi socorrida e levada para a unidade de saúde, com várias perfurações, logo em seguida, passou por uma cirurgia de urgência no Hospital Estadual de Jaraguá e seu estado clínico ainda é grave, mas segundo a filha, ele está fora de perigo de morte. Como há duas versões, a do autor e da família da vítima em relação à motivação para o crime, somente o inquérito da Polícia Civil, irá dizer de que lado está à verdade e quais foram às reais motivações para o crime.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
radar novembro 2020.gif
Webbanner-300-x-600-px-A.gif
Webbanner-300-x-600-px-B.gif
Webbanner-300-x-600-px-C.gif
Webbanner-300-x-600-px-D.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá