• Folha de Jaraguá

Em Goiás, 170 juízes receberam mais de R$ 100 mil em outubro

05/11/2021 (09hs55m) - De acordo com o Jornal O Popular em outubro, 25,8% dos magistrados de Goiás tiveram rendimentos totais superiores a R$ 100 mil. A folha de pagamento da categoria mostra que de 659 juízes e desembargadores, 170 receberam mais que R$ 100 mil em vencimento bruto. Os dados são divulgados mensalmente pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com base em contracheques enviados pelo Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO).


No mês de setembro, 10% dos juízes e desembargadores registraram rendimentos totais acima de R$ 100 mil. Em números absolutos, foram 67 de 660. A despesa total do tribunal com vencimentos de magistrados naquele mês foi de R$ 45,2 milhões. Já em outubro, o gasto com a folha foi de R$ 52,3 milhões, o maior valor registrado até o momento em 2021.


O POPULAR mostrou na semana passada que a categoria recebeu aumento no auxílio-saúde, que varia de 42% a 177%. A mudança foi regulamentada por decreto publicado no dia 27 de outubro. O documento determina que a nova regra tem efeito financeiro a partir de 1º de outubro deste ano. O auxílio-saúde é pago aos magistrados desde maio de 2020. Na época, o valor instituído foi de R$ 1.280. Com a nova regra, o benefício passa a ser escalonado pela faixa etária, e pode chegar a R$ 3.546.


Os salários dos magistrados variam entre R$ 30,4 mil e R$ 35,4 mil. No entanto, a categoria acumula benefícios e penduricalhos como auxílio-alimentação (R$ 1,2 mil), gratificação natalina e gratificação por exercício cumulativo, por exemplo.


Em outubro, o maior rendimento bruto foi de R$ 162 mil. Neste caso, o magistrado recebeu subsídio de R$ 35,4 mil e R$ 5 mil em direitos pessoais (abono permanência). Também houve o pagamento de R$ 28 mil em indenizações, como auxílios alimentação e saúde e uma categoria classificada pelo CNJ apenas como “outra”, no valor de R$ 23 mil. O pagamento de direitos eventuais somou R$ 93 mil (relacionados a abono constitucional de férias e gratificação por serviço cumulativo).



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif