top of page

Derrotado, Gustavo Mendanha faz empréstimo de R$ 1 milhão para quitar dívidas da campanha

11/101/2022 (06hs51m) - Segundo colocado na corrida pelo governo estadual com 879 mil votos (25,20% dos válidos), Gustavo Mendanha (Patriota) fez empréstimos que somam R$ 1,03 milhão e superam seu patrimônio declarado à Justiça Eleitoral para quitar as despesas referentes à disputa. A quantia enviada pelo oposicionista em quatro transferências feitas dois dias após a eleição o coloca, ao menos por enquanto, como o candidato que mais aplicou dinheiro do próprio bolso em o todo o País. Também chama a atenção o fato de que o valor supera o somatório de seus bens (R$ 946,1 mil).


A assessoria de imprensa da campanha afirma que as operações financeiras foram efetivadas para pagar despesas “mais urgentes”, incluindo a “folha de pagamento”. Também informa que o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia pagará parcelas mensais e “toda a negociação está dentro da lei e poderá ser acompanhada por meio da prestação de contas junto à Justiça Eleitoral”.


Mendanha declarou, até o momento, R$ 3,27 milhões em receitas e R$ 1,2 milhão em despesas. Desse total, pagou R$ 649 mil. A coluna foi informada ainda que outros compromissos precisarão ser quitados com recursos enviados pelo Patriota e “partidos aliados”.


Partido

As direções nacional e estadual do Patriota já repassaram R$ 1,27 milhão e R$ 500 mil à campanha de Gustavo Mendanha. O período da prestação de contas de campanha será encerrado no dia 1° de novembro.



Kommentare


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page