Após denúncia de superfaturamento contra Prefeitura de Jaraguá, empresa se manifesta

Após circular um vídeo nos grupos de WhastApp de Jaraguá, apresentando uma denúncia contra a gestão do Prefeito Zilomar Oliveira (PSD), por uma suposta compra superfaturada de Hipoclorito de Sódio, por um preço muito acima do mercado. Uma denúncia também chegou ao Ministério Público para que a situação fosse investigada, sobre a compra de hipoclorito de sódio, usado para lavar as ruas da cidade no combate ao novo coronavírus e pago com recursos do governo federal para o combate ao COVID-19, portanto sem licitação, em função do estado de calamidade provocado pela pandemia.


Na denúncia que circulou, a informação era de que o produto de 5 litros que em supermercados custava R$ 29,90. No documento da prefeitura no portal da transparência teria sido pago pela gestão do Prefeito Zilomar Oliveira por R$ 280,00, quase 10 vezes mais caro pelo mesmo produto. Ao comprar 200 unidades, o município desembolsou 56 mil reais. A mesma denuncia cobrava explicações do prefeito.


Uma semana depois e após o enorme desgaste a imagem de “gestor” do prefeito Zilomar Oliveira, a resposta veio da empresa Vagna Regina da Silva, que afirmou que tudo não passou de um erro de digitação na Nota Fiscal. “Por equivoco na emissão da Nota Fiscal, o produto constado na nota emitida foi “hipoclorito de sódio de 5l” ao invés do produto correto que seria “hipoclorito de sódio de 60kg” disse a empresa em Carta de Correção Eletrônica.


O Ministério Público ainda não descartou a investigação e poderá fazer uma checagem de todas as versões apresentadas. Na câmara municipal corre também uma investigação por parte dos vereadores sobre os gastos de recursos públicos com a compra de máscaras que esta sob suspeita.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
CAMPANHA IPTU.jpg
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif