• Folha de Jaraguá

Caiado anuncia que Goiás cumprirá reajuste de 33% no piso para professores

18/02/2022 (11hs45m) - Por meio das redes sociais na noite desta quinta-feira (17), o governador Ronaldo Caiado (União Brasil) anunciou que Goiás vai pagar o novo piso salarial aos professores da rede estadual de ensino.


Segundo a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) um total de 26.305 servidores, entre ativos e aposentados, terão reajuste e os vencimentos serão de R$ 3.845,63 para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.


Outros 35.674 profissionais da educação das mesmas categorias já recebem acima do piso nacional e terão reajuste salarial com índices de 7,43% (Professor III) e 5,30% (Professor IV).

“Continuaremos investindo pesado nesse setor que é o único capaz de transformar a vida de crianças e jovens do nosso país. É assim que vamos construir um futuro melhor para os goianos”, disse em vídeo, ao lado da titular da Seduc, Fátima Gavioli.


O impacto na folha de pagamento do Estado, incluindo ativos e aposentados, é de R$ 41,2 milhões por mês e R$ 494,4 milhões ao ano.

Entre os profissionais que receberão o piso, serão contemplados 189 efetivos, 16.089 com contratos temporários e 10.027 aposentados. Conforme o Governo de Goiás, os demais docentes ligados à Seduc já receberam mais que o salário inicial da categoria e também terão os salários reajustados conforme anunciado.


“Para regulamentação dos aumentos salariais, um projeto de lei com a nova tabela de vencimentos será encaminhado à Alego”, explicou Fátima.


O reajuste de 33,24% do piso nacional foi anunciado no fim de janeiro pelo Governo Federal. Na sequência, o Governo de Goiás instaurou uma comissão composta por técnicos das secretarias de Economia e Educação para averiguar a viabilidade da adoção do reajuste.





  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif