• Folha de Jaraguá

Agência Federal promete punir ENEL Goiás por péssimo atendimento a população

09/02/2022 (14hs08m) - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) abriu um processo administrativo punitivo contra a Enel Goiás. O motivo é o desempenho insatisfatório no Plano de Resultados firmado para tentar avançar na qualidade do atendimento à população. A empresa recorreu e novas metas foram definidas para setembro deste ano.


A principal se refere à redução do tempo em que os consumidores ficam sem energia. Em 2021, os clientes da Enel Goiás ficaram em média 18,7 horas sem luz. Em 2020, foram 16,49 horas no escuro, de acordo com dados divulgados pela Aneel.


Em entrevista ao POPULAR, o diretor de Infraestrutura e Redes da Enel Goiás, José Luis Salas, explicou que, para 2022, está sendo preparado um plano de investimentos e manutenção.Ele ressalta que os aportes feitos pela empresa estão acima da média do setor, pois somente de janeiro a setembro de 2021 foram R$ 1,48 bilhão.


Entre os desafios para conseguir avançar, cita as condições climáticas do estado, que exigem maior resiliência da rede, além do tamanho dela e o tempo que ficou sem os reparos adequados.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
CAMPANHA IPTU.jpg
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif