• Folha de Jaraguá

Acordo entre CDL, PM e MP mantém comércio fechado até decisão judicial

O promotor de justiça, Everaldo Sebastião de Souza voltou a se manifestar na tarde de domingo, 05/04, sobre a liminar que decidirá ou não pela reabertura do comércio em Jaraguá, para além do que já foi flexibilizado pelo decreto estadual, como as feiras. O promotor lamentou que o juiz plantonista tenha postergado a análise do pedido liminar, enquanto isso determinando a oitiva prévia do município. Segundo Everaldo Sebastião, após ampla discussão com o CDL e com a Polícia Militar ficou definido que os comerciantes e confeccionistas serão orientados a permanecerem com as portas fechadas até a decisão judicial.

_

Por parte do Ministério Público, haverá uma cobrança ao judiciário para que uma decisão seja tomada rapidamente. “Que todos fiquem com as portas fechadas, para que assim evitem qualquer tipo de confronto e de desgaste, entre empresários, comerciantes com a polícia militar, que é quem está responsável pelo cumprimento do decreto estadual” concluiu o promotor. Com isso, o decreto do Prefeito Zilomar Oliveira, na prática não terá nenhum valor para o segmento da indústria e comércio, até a decisão judicial.


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
BANDEIRAS 1-300x250px-B.gif
BANDEIRAS 2-300x250px-C.gif
BANDEIRAS 3-300x250px-A.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá