top of page

Vereadora Ynaê Curado faz em live graves denúncias contra prefeito Nivaldo Melo

11/11/2022 (18hs19m) - Na noite desta quinta-feira(10), a vereadora Ynaê Siqueira Curado, realizou uma live em seu instagram @ynae, apontando uma série de irregularidades que vem sendo praticada pela Prefeitura de Pirenópolis, todas elas constam no Portal da Transparência da Prefeitura de Pirenópolis para quem quiser ver. São denúncias graves, dentre elas, um pedido de mais R$ 42 milhões referente a 60% de suplementação do ano 2021, sem justificativa, falsificação de documentos oficiais, perseguição, ataques e pagamentos de diárias mais altos do Brasil, ultrapassadndo o valor de diárias concedidas a ministros e senadores, para se ter uma ideia, um bate e volta a Brasília, o município paga R$ 1 mil a secretários e outros servidores.


Com o tema: “O outro lado. A realidade sobre ser a única oposição” a live foi transmitida a partir de 20 horas e durou cerca de 30 minutos. Nela, a vereadora Ynaê, primeiramente explicou que em setembro entrou com requerimento, pedindo explicações sobre onde foram gastos mais de 42 milhões pedidos de suplementação do Executivo. “Como não obtive resposta, no dia 19 de outubro recebi uma resposta da Procuradoria do Municipio um tanto desrreispeitosa a mim e à Câmara de Vereadores. Nesse despacho assinado pela procurador-geral do município, Marciely Ferreira de Paula, diz que meu requerimento não tem legitimidade para questionar o prefeito. De acordo com o Artigo 36, parágrafo 4.º do Regimento Interno da Cãmara, eu posso sim. Disseram também que os decretos já estavam publicados, mentira, houve alteração e falsificação da data. Figiram que já tinham publicados, alteraram e falsificaram. Tudo isso está no Portal de Transparência. Isto é inadimissível com o povo de Pirenópolis e é apenas um dos absurdos praticados pelo Poder Executivo e essa resposta da procuradora, foi ridícula”, afirmou.


“Estou sendo perseguida, atacada por fazer oposição a esse grupo que governa Pirenópolis. Quero deixar bem claro, que não vou me cansar e continuarei minha luta por Pirenópolis. É muito difícil trabalhar, coisas que poseriam demorar dois meses, já duram dois anos para serem resolvida. Tudo isso faz parte de um planejamento deles. Quero fiscalizar, fazer valer meu papel e eles atacam quem esta trabalhando. Essas coisas que acontecem são surreais. É assustador em pleno Século 21, a prefeitura falsificando documentos. Não publicaram de forma retroatva, eles falsificaram uma assinatura. Espero que essas pessoas sejam punidas”, desabafou Ynaê.


Durante a live, Ynaê também citou outras irregularidades, como o não pagamento da Bolsa transporte, cesta básicas vencendo, professores que não recebem o piso, pagamento de mais de R$ 1 milhão em advogados e pagamentos de super diárias aos funcionários, que ultrapassa R$ 1 mil, como é o caso do valor de um bate e volta à Brasília.”Essas diárias são mais altas do que as pagas aos ministros e senadores”, disseram revoltadas algumas pessoas que acompanharam a live.


“Estou fazendo esta live com dor no coração. Eu dedico minha vida por Pirenópolis. Estão me atrapalhando, mas não vou parar e vou deixar claro aguardo uma resposta da prefeitura. Mantenho um acesso ativo ao site do Poder Executivo, tudo que está irregular, eu cobro. Essa live servirá como instrumento de prova. Agora iremos esperar resposta do municipio”, finalizou a vereadora.


Comments


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page