• Folha de Jaraguá

TRE manda deputados Humberto Teófilo e Eduardo Prado apagar Fake News contra Caiado

30/06/2022 (06hs26m) - O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-GO) acatou pedido do União Brasil liminarmente e considerou propaganda eleitoral antecipada negativa por parte dos deputados estaduais delegado Humberto Teófilo (Patriota) e delegado Eduardo Prado (PL) contra o governador Ronaldo Caiado (UB) em relação ao ICMS. Em decisão monocrática, o juiz auxiliar Adenir Teixeira Peres Júnior determinou a remoção das publicações nas redes sociais e que se "abstenham" de divulgar o conteúdo impugnado.


De acordo com o magistrado, os deputados utilizaram o Facebook, Instagram e WhatsApp para divulgar vídeo "inverídico" que o governador teria entrado com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para "barrar" a decisão do ministro André Mendonça, que fixou a alíquota do ICMS em 17%. De acordo com o União Brasil, não se trata somente de críticas, "mas de proliferação de mentiras, com a veiculação de fake news, possuindo o condão de propiciar o desequilíbrio entre os candidatos no pleito eleitoral".


Para o desembargador, nos casos "há manifesta finalidade eleitoral". Diz, ainda, que "a desinformação é definida por informações falsas, inexatas ou deturpadas, concebidas, apresentadas ou providas para obter lucro ou causar prejuízo público intencional, publicadas sob a aparência de realidade, propagando à desinformação ao destinatário".


A decisão é desta manhã de quarta-feira (29). Ela também determina a notificação, por ofício, das redes sociais em 24h para que haja a remoção. Em caso de descumprimento por parte dos representados, a multa individual é de R$ 1 mil por ocorrência a partir da intimação.


A assessoria de Humberto Teófilo informou que “a decisão trata de uma ação, enquanto foi divulgado a manifestação do Estado de Goiás em outra ação totalmente distinta. Já estamos apresentando nossa defesa e tudo ficará esclarecido ao magistrado que, sem sombra de dúvidas, irá reverter essa decisão provisória”.


Já Eduardo Prado disse ao portal que “quem está praticando fake news e levando o magistrado a erro é o governador Ronaldo Caiado. Ele sempre foi contrário a redução do ICMS dos combustíveis" disse. Via Mais Goiás



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
IPTU AGOSTO.jpg
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif
900x170.gif