top of page

Só 25 mil das 726 mil crianças de Goiás se vacinaram contra Covid-19

02/02/2022 (17hs48m) - Após quase duas semanas desde o início da vacinação contra covid-19 em crianças de 5 a 11 anos, Goiás imunizou apenas 3,4% deste grupo. A informação é da superintendente de Vigilância em Saúde do governo de Goiás, Flúvia Amorim.


Em números absolutos, foram 25.142 crianças das aproximadamente 726 mil que vivem no Estado. Em São Paulo, cita Flúvia, foram mais de 1 milhão (algo próximo 22%). “Nosso número é muito baixo. Considerando a experiência que temos em campanhas com crianças, já vacinamos mais que isso [25 mil] em um único dia.”


Segundo a superintendente, há relatos de baixa procura pelos secretários de Saúde dos municípios. “A partir do momento que deixo de proteger essas crianças, elas ficam mais vulneráveis a forma mais grave de doença e a óbito”, se preocupa.


Ela aponta, segundo levantamento da última semana, que 82% dos adultos hospitalizados em UTIs de unidades de saúde estadual, estão sem vacina ou só parcialmente vacinados. Em relação a óbitos, Flúvia diz não ter os dados exatos, mas afirma que são a maioria.


“42 crianças já morreram em Goiás em decorrência da Covid. É inadmissível deixar crianças sem vacina tendo uma vacina. E essas mortes, mesmo que em menor escala [comparado aos adultos], pode continuar acontecendo.”

Fake news

Segundo Flúvia, o Estado tem doses e salas disponíveis. “O que não tem é procura. Ouço de pais que querem esperar um pouco mais, estão inseguros. Tivemos uma avalanche de fake news, de que a vacina não é segura. É criminoso esse tipo de fake news”, critica esse tipo de postura.


A superintendente reforça que a vacina protege de formas graves e óbitos. “A impressão que temos, como profissionais de saúde que utilizam a ciência, é que nadamos contra a maré”, lamentou e reafirmou: “A vacina não é experimental. Os EUA vacinaram mais de 8 milhões de criança. Nenhuma agência liberaria sem a certeza de segurança.”

Para ela, o mais ilógico é que muitos pais se vacinaram e não vacinam os filhos. “A cobertura é muito maior com adultos.” Via Mais Goiás



Yorumlar


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page