top of page

Serpes: Caiado cresce 10 pontos e lidera com 47,7%; Mendanha soma 19,7% e Vitor Hugo 3,7%

21/08/2022 (22hs50m) - Na primeira pesquisa Serpes/O POPULAR realizada após as convenções partidárias, o governador Ronaldo Caiado (União Brasil) cresceu 10 pontos e alcança quase 63% dos votos válidos, o que aponta eleição tranquila no primeiro turno em Goiás. Os dados indicam migração da maioria das intenções de votos do ex-governador Marconi Perillo (PSDB), que desistiu da disputa ao governo e tentará vaga no Senado, para Caiado.


Neste novo levantamento, realizado dos dias 13 a 17 de agosto, Caiado aparece com 47,7% na pesquisa estimulada, em que os nomes dos nove candidatos são apresentados aos eleitores. O ex-prefeito de Aparecida de Goiânia Gustavo Mendanha (Patriota) teve oscilação positiva de 1 ponto porcentual e tem 19,7% das intenções de voto. Todos os sete demais candidatos se mantiveram praticamente estacionados, somando apenas 8,4 pontos porcentuais.


A pesquisa anterior foi divulgada no dia 15 de julho, com dados coletados de 10 a 14 daquele mês, e mostrava Marconi com 15%, o que ajudaria a forçar um segundo turno. Caiado tinha 37,6% e Mendanha, 18,7%.


Neste último levantamento, o deputado federal Major Vitor Hugo (PL) tem 3,7%, apenas 0,6 ponto porcentual de oscilação positiva. A socióloga Cintia Dias (PSOL) teve variação para cima de 1,5 ponto porcentual, alcançando 2,2% das intenções de voto. Ela passa bem à frente do candidato do PT ao governo, o ex-reitor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) Wolmir Amado, que aparecia com 1% e agora tem 0,6%. O petista também aparece atrás do Professor Pantaleão (UP), que tem 1,1%.

O empresário Edigar Diniz (Novo) aparece com 0,6%, o historiador Vinícius Gomes da Paixão (PCO), 0,2%, e a professora Helga Martins (PCB) não pontuou. Diante dos nove nomes, 18,2% dos goianos afirmaram que ainda não decidiram o voto (eram 18,4% em julho) e 5,7% (antes 5,4%) pretendem anular.


Caiado alcança os maiores porcentuais no grupo de mulheres (50,1%), jovens de 16 a 29 anos (49,3%) e eleitores com ensino fundamental (49%). Mendanha chega a 27,5% no universo que cursou ensino superior, em que o governador tem 45,1%. Entre eleitores de 30 a 49 anos, o ex-prefeito tem índice de 22,3% e no grupo de mulheres, cai a 18,1%.


Considerando as regiões do estado, Caiado atinge 55,5% no Entorno do Distrito Federal, onde Mendanha tem apenas 5,5%. Na capital, o governador alcança 45,6% e o ex-prefeito, 22,5%. O maior índice do candidato do Patriota é no Centro, onde tem 33,7% contra 43,7% de Caiado. Ainda na capital, Cintia Dias aparece à frente de Vitor Hugo e em terceiro lugar, com 5,9%. Wolmir Amado não pontua na cidade.


Na pesquisa estratificada por religião, Mendanha tem maior porcentual entre católicos (21,2%) do que evangélicos (17,3%), embora seja da Assembleia de Deus, e chega a 24% no grupo que não declara seguir nenhuma religião. Caiado tem 50,2% entre católicos e 44% entre evangélicos. Vitor Hugo aparece com 4,9% no meio evangélico.


A pesquisa ouviu 801 eleitores. A margem de erro é de 3,5 pontos porcentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança, de 95%. O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral com os protocolos GO-08758/2022 e BR00273/2022.


Na pesquisa espontânea, em que os nomes dos candidatos não são apresentados ao eleitor, Caiado também subiu e aparece com 23,3%. O aumento foi de 6,1 pontos porcentuais na comparação com o levantamento de julho. O índice daqueles que ainda não decidiram em quem votar caiu 8,4 pontos e soma 57,9%. Mendanha oscilou 3,2 pontos e é citado por 11,4%. Todos os demais têm menos de 2%. Os votos nulos somam 4%.


Segundo turno

Para que a eleição se encerre no primeiro turno, no dia 2 de outubro, é preciso que um dos candidatos alcance 50% mais 1 dos votos válidos. Os resultados da pesquisa apontam Caiado com 62,9%, o que garantiria o êxito na disputa se as eleições fossem hoje.


O levantamento Serpes/O POPULAR fez duas simulações de possibilidade de segundo turno. Na disputa entre Caiado e Mendanha, o governador venceria com 54,6% dos votos contra 28,1% do ex-prefeito. Diante deste embate, 10,1% dos eleitores se disseram indecisos e 7,2% apontaram voto nulo ou abstenção.


Em possível cenário de segundo turno contra Vitor Hugo, Caiado teria a preferência de 6 em cada 10 eleitores. O deputado alcançaria apenas 13,7%. Neste cenário, 14,5% se disseram indecisos e 11,7% preferiram votar nulo. Na primeira rodada da pesquisa, os dados das intenções de voto apontavam possibilidade de segundo turno, com Caiado alcançando 49,3% dos votos válidos.



Comments


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page