• Folha de Jaraguá

Petrolina de Goiás fecha praticamente tudo por 10 dias, só funcionará delivery

06/03/2021 (16hs56m) - De acordo com Portal Mais Goiás - Thiago Pacheco, o prefeito de Petrolina de Goiás, editou decreto na sexta (5) suspendendo por dez dias, contados deste sábado (6), todas as atividades econômicas e não econômicas, para combater a disseminação do novo coronavírus (Covid-19).


A cidade, que tem cerca de 10 mil habitantes, possui 16 óbitos pela Covid-19 confirmados até o momento. Já os infectados somam 516 desde o início da pandemia, sendo 67 neste momento.


Ainda segundo o texto, a suspensão engloba, inclusive: supermercados, mercearias, distribuidoras de bebidas, frutarias, feiras, distribuidoras de gás, açougues, peixarias, pit-dogs, pizzarias, lanchonetes, padarias, sorveterias, restaurantes, pesque-pague, bares, igrejas e templos religiosos, salões de beleza, manicure e pedicure, atacadistas, oficinas, autopeças, auto elétricas, lojas de materiais de construção, lojas agropecuárias, lojas de roupas e calçados, varejistas, comércios de eletrônicos e eletrodomésticos, escritórios de profissionais liberais e/ou autônomos, papelarias, óticas, comércio de produtos importados e demais estabelecimentos comerciais.

Segundo o texto, todas estas atividades econômicas poderão funcionar de portas fechadas na modalidade delivery, de 6h às 22h. Contudo, não é permitida a retirada no local. “Fica permitido o funcionamento em caráter excepcional de urgência e emergência nas oficinas, borracharias e consultórios odontológicos.” O consumo de álcool, por sua vez, é proibido em todo o município.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

© Copyright 2006 - 2021 Folha de Jaraguá