MP de Pirenópolis pede a impugnação da candidatura do ex-prefeito Nivaldo Melo

01/10/2020 - Uma ação do Ministério Público Eleitoral (MPE) pede a impugnação do pedido de registro de candidatura do ex-prefeito de Pirenópolis, Nivaldo Melo (Progressistas).

Segundo o promotor Bernardo Boclin Borges, o ex-prefeito cometeu ato de improbidade administrativa. A peça cita que ele teve as contas rejeitadas no dia 12 de junho de 2018 pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e, portanto, estaria inelegível até 2026.

O MPE argumenta que as contas de Melo continham “irregularidade insanável, o que configura ato doloso de improbidade administrativa”. A decisão já transitou em julgado, sendo considerada definitiva.


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif