• Folha de Jaraguá

Menina de 12 anos de Goianésia afirma que foi estuprada e a polícia civil vai investigar

16/02/2022 (09hs55m) - Policiais militares realizaram a detenção de um homem de 24 anos por ser suspeito de cometer estupro de vulnerável contra uma adolescente de 12 anos. O caso teria ocorrido em Goianésia, mas o suspeito foi detido em Ceres após diligências.


A denúncia chegou aos militares quando eles foram procurados pelos pais da menor, que informaram que a filha havia sido abusada sexualmente pelo rapaz, que seria parente deles. A vítima havia dito que acordou no meio da noite com rapaz fazendo oral nela, e que por causa do medo e vergonha só contou o fato para os pais no dia seguinte e que o suposto autor fugiu.


Os militares entraram em contato com a PM de Ceres que conseguiram encontrar o suspeito e detê-lo. O homem então foi conduziu para a Delegacia de Goianésia, prestou depoimento e foi colocado em liberdade.


A Delegada Poliana Bergamo explicou que “para fazer um flagrante, é muito temerário, tem que ter provas mais concretas pra prender alguém, ainda mais um crime grave, hediondo, como é o crime de estupro de vulnerável. Eu preciso de uma autorização judicial para fazer a oitiva da vítima, não se pode mais ouvir vítima de abuso sexual, criança e adolescente, na delegacia”, frisou.


Poliana Bergamo disse que após realizar a oitiva, deverá também aguardar o resultado do exame de corpo de delito e ouvir testemunhas, para depois analisar se tem elementos comprobatórios para representar pela prisão preventiva do suposto autor. – Via Portal Meganésia.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif