• Folha de Jaraguá

Marconi entrará com ação contra promotores por suposta perseguição

16/05/2022 (14hs00m) - O ex-governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), revelou em coletiva de imprensa que entrará com ação contra dois promotores do Estado por suposta perseguição política.

O tucano concedeu entrevista em Goiânia, nesta segunda-feira (16/5), para tratar sobre a Operação Cash Delivery, que teve sua tramitação na Justiça Federal anulada pelo Supremo Tribunal Federal.

“A Cash Delivery está morta”, enfatizou o ex-governador. Agora, o processo voltará para análise primária na Justiça Eleitoral, na primeira instância, para ser julgado como caixa dois. No entanto, segundo Marconi Perillo, a Vara Eleitoral arquivou a acusação tempos atrás. “Agora, não podemos afirmar como vai ser, porque a tramitação será retomada desde o início.”

O tucano acusou a Operação Cash Delivery de ter objetivo político. “Está mais que claro que foi uma sujeira enorme”, acrescentou o ex-governador. Conforme o peessedebista, as acusações foram desmoralizantes. “A pior das injustiças é a justiça tardia.”



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
CAMPANHA IPTU.jpg
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif