• Folha de Jaraguá

Mamede já estava contratado antes da demissão de Lucas Oliveira

Lucas Oliveira ex treinador do Jaraguá Esporte Clube, apresentou em entrevista exclusiva ao Esporte Sucesso, FM 101,5, sua versão para a saída do Gavião da Serra e mostrou aquilo que ele considera contradições da diretoria do clube. Negou que tenha incentivado a devolução dos recursos parciais dos salários (75%) conforme havia afirmando o clube “Não liderei nenhum motim, os jogadores não quiseram receber da forma que foi proposto” disse. Afirmou que o próprio preparado de goleiros do Jaraguá, Rodrigo que é da cidade, não havia recebido nada de 2019. O treinador ao contrário teria dito que poderia deixar o salário dele por último e completar os valores dos jogadores.


O ex técnico disse que esse episódio foi usado apenas para demiti-lo, porque cobranças por salários em clubes são normais. “Depois que eu saí, fiquei sabendo que eles (diretoria) já tinham acertado com um novo treinador, antes do jogo do Goianésia (sábado 22/2). Então usaram essa situação para poder mudar o comando técnico, por uma opção deles” frisou. E de fato, Ariel Mamede foi anunciado oficialmente algumas horas depois da saída de Lucas Oliveira. Muitos jogadores mandaram mensagem se solidarizando com o ex-treinador, segundo ele.


De acordo com Lucas Oliveira não houve nenhuma exaltação ou troca de ofensas entre ele e a diretoria. Porém admitiu duas situações mais tensas, uma, quando seu auxiliar alterou a voz com alguns diretores por alguns instantes e depois quando acabou tendo um embate com um funcionário do gabinete do prefeito Zilomar Oliveira que não tem ligação direta com o Jaraguá Esporte Clube. Sobre a declaração de Muller Meira que afirmou que faltou gratidão, Lucas Oliveira disse mandou mensagem agradecendo a oportunidade, elogiou o gerente de futebol e disse que a relação continuará apenas no campo profissional.


Lucas Oliveira reafirmou a critica de falta profissionalismo da diretoria do Jaraguá, afirmando que sentiu falta de algumas coisas simples, como TV e Internet para os jogadores na concentração, além de sala de reunião, por exemplo. E lembrou que se tivesse de um acordo entre a diretoria e Ariel Mamede, para caso desse errado no Vila Nova, era só ter jogado limpo com ele, alegando que faltou transparência e profissionalismo.


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
CAMPANHA IPTU.jpg
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif