• Folha de Jaraguá

Madrasta matou Davi Luiz em Goianésia por ele não ter feito as tarefas de casa

18/02/2022 (15hs57m) - A madrasta de Davi Luiz Rodrigues Rosa, de 07 anos, confessou ter agredido o garotinho com chutes na região do abdômen por ele não ter feito as tarefas de casa.


O crime ocorreu em Goianésia na última segunda-feira (14), mas em decorrência de uma infecção causada pela crueldade, a criança veio a óbito dois dias depois, na quarta-feira (16), após ter sido encaminhado para uma unidade hospitalar sentindo fortes dores na barriga.


Em depoimento à Polícia Civil, a madrasta que, juntamente com o pai, estão presos na unidade prisional da cidade, disse que não tinha intenção de matar a criança. Ela alega que chutou o garoto como forma de punição por ele ter desobedecido a ordem de realizar as atividades domésticas.


Laudo do Instituto Médico Legal (IML) aponta que a criança apresentava hematomas nas pernas, braços, além de fratura no fêmur (osso superior da perna) e laceração no intestino.


Entenda

Embora o crime tenha ocorrido na segunda-feira (14), o pai do garoto o levou para o hospital na quarta-feira, após ele ter vomitado na cama. A demora, conforme o genitor, foi por conta da recusa da criança de 07 anos de idade.


Havia uma espécie de guarda compartilhada entre os pais de Davi. Cada ano ele ficava com um dos genitores, sendo que a mãe mora em Silvanópolis (TO) – onde o corpo foi velado e sepultado na tarde de quinta-feira (17).



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif