top of page

Lula defende empréstimos de bancos públicos para evitar PIB negativo e fracasso econômico

10/03/2023 (12hs59m) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu, nesta sexta-feira (10) com ministros das áreas econômica e de infraestrutura no Palácio do Planalto.


Em discurso aberto à imprensa no início da reunião, o mandatário disse que sua equipe não pode aceitar a ideia de que o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro não vai crescer e defendeu que medidas sejam tomadas para aquecer a economia.


“A gente não pode aceitar a ideia que o PIB não vai crescer porque alguém diz que ele não vai crescer. Nós vamos dizer que o PIB vai crescer porque vamos fazer o PIB crescer”, afirmou.


Lula também disse que “não podemos ficar chorando o dinheiro que falta” para a implementação de medidas do governo e disse que é necessário “usar bem o dinheiro que a gente tem”.


Durante sua fala, Lula defendeu o papel de bancos públicos para alavancar investimentos para pequenos e médios empreendedores, grandes empresários e Estados com capacidade de endividamento.


“Não pode ser proibido você emprestar dinheiro para construir um ativo que vai aumentar o patrimônio do país, que vai melhorar a qualidade de vida do povo”, afirmou.


“Dinheiro bom é dinheiro transformado em obras, em saúde e educação, e, sobretudo, emprego, que é o que dá dignidade ao povo brasileiro”, prosseguiu.


O presidente disse que trabalhará para gerar emprego “com as pequenas coisas” e também defendeu a nova versão do PAC como indutor de investimentos no país, geração de oportunidades e desenvolvimento econômico.


“O PAC foi muito importante, produziu muita coisa, mas precisamos da criatividade do Paulo Pimenta (PT), da Comunicação, para criar um novo nome. Isso mostra que a gente está renovando e inovando”, declarou.  |  Informações InfoMoney #lula #pib



Comments


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page