top of page

Grupo Equatorial Energia inicia gestão da distribuição em Goiás no lugar na Enel

04/01/2023 (10hs02m) - O Grupo Equatorial Energia anunciou, em coletiva de imprensa em Goiânia, na terça-feira (03/01), plano de ações e investimentos para a gestão da distribuição de energia elétrica em Goiás. A empresa, terceira maior do país no segmento, é responsável pela concessão desde 30 de dezembro de 2022, quando assumiu, efetivamente, o controle da CELG-D.


A Equatorial mencionou Plano de 100 dias para atendimento aos 237 municípios da área de concessão, que abrigam 3,3 milhões de unidades consumidoras. Dentre as ações, serão feitos investimentos estruturais na melhoria de distribuição de energia e atendimento à demanda reprimida, com novas linhas de distribuição e subestações.


Presidente da Equatorial em Goiás, Lener Jayme, ressaltou, por sua vez, que as ações e investimentos já estão projetadas. “A Equatorial mapeou todas as dificuldades da concessão e identificou oportunidades de melhoria do fornecimento de energia. Assim, vamos investir para garantir que todas as obras em curso sejam concluídas, além de iniciar outras intervenções importantes, que contribuirão para melhoria significativa dos índices de qualidade de entrega de energia à população de Goiás”, disse o presidente.

Dentre as primeiras ações está a disponibilização de canais digitais que prometem agilizar o atendimento às demandas dos consumidores, de modo a reduzir o tempo e frequência de interrupção do fornecimento de energia.


100 DIAS - Característico do modelo de gestão Equatorial, o Plano de 100 dias projeta três novas subestações, três novas linhas de subtransmissão (46,7 quilômetros), 9,6 mil novas ligações de baixa e média tensão e 98,5 mil, de baixa tensão.

Dentre as principais obras, estão a construção de subestações Riviera e Aparecida; Barro Alto–Goianésia; Anhanguera–Real, e ampliação das subestações Goianésia, Anápolis Universitário, Atlântico, Bom Jardim, Araçu, Jundiaí e Goianira. Destacam-se, também, o projeto JK-Jataí (que beneficia os municípios de Jataí, Rio Verde, Chapadão do Céu, Montividiu) e a linha de distribuição Pireneus-Daia. | Redação Folha de Jaraguá via Equatorial



Commentaires


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page