• Folha de Jaraguá

Governo de Goiás descarta uso de câmeras em fardas de Policiais Militares

19/10/2021 (06hs44m) - Diferente de outros Estados do País e do Distrito Federal, Goiás resiste a adotar uso de câmeras nas forças policiais. 16 Estados e o Distrito Federal estudam o uso nas fardas e viaturas de policiais militares. Além de Goiás, mais três Estados que afirmam que não pretendem adotar os dispositivos.

Apesar de rejeitar a utilização dos dispositivos, o Estado de Goiás já recebeu uma recomendação da Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO), em julho deste ano, para que as forças policiais utilizassem equipamentos que possibilitem a gravação audiovisual de operações.

O pedido foi feito um dia após o Anuário de Segurança Pública, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mostrar que em 2020 o Estado registrou 18% mais mortes em intervenções policiais do que no ano anterior. Foram 631 óbitos em abordagens policiais contra 533 em 2019. A maioria das mortes de criminosos com passagens.


As câmeras já estão em funcionamento em São Paulo, Santa Catarina e Rondônia, onde teria melhorando índices de violência e produtividade.

Goiás é a única unidade da federação que, desde 2016, não divulga dados sobre mortes provocadas por policiais e de policiais mortos. Oficialmente, SSP-GO diz que a não divulgação do número de mortes causadas por policiais se deve ao fato de os dados serem sigilosos. - Redação com informações - Jornal O Popular


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif