top of page

Ex-funcionário de usina em Goianésia é suspeito de invadir sistema e enviar 4 mil mensagens

10/09/2021 (13hs01m) - Um ex-funcionário de uma empresa sucroenergética de Goianésia foi alvo de busca e apreensão em sua residência, na quinta-feira (9). O investigado, de 27 anos, é suspeito de invadir o sistema de informática da empresa quando foi estagiário e enviar mais de quatro mil mensagens em massa.

Segundo a Polícia Civil (PC), o envio das mensagens como sendo de um funcionário gerou prejuízo à imagem e a credibilidade da empresa.


A investigação teve início há 11 meses. Na casa do investigado, em Goianésia, os policiais apreenderam computadores, aparelhos celulares, pendrives, documentos e caderno com anotações que serão analisados.


Delegada Sabrina Leles, titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), explica que o crime de invasão de sistema informático prevê pena de 4 anos de reclusão e caso seja confirmado que houve prejuízo para a empresa sucroenergética a condenação pode ser aumentada em dois terços chegando a 6 seis anos e 8 meses.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
webbanner-728x90px.gif
bottom of page