• Folha de Jaraguá

Estado de Goiás tem 236 mil pessoas que recusam vacina contra Covid-19

27/10/2021 (06hs39m) - Um levantamento da Secretaria de Estado de Saúde (SES-GO) junto aos municípios goianos revelou, em números, os motivos da estagnação da vacinação contra a Covid-19 entre os adultos que vivem em Goiás. Por meio de questionários, 63% das pessoas que ainda não receberam qualquer dose das vacinas se recusam a tomá-las; 31% querem escolher o laboratório fabricante e 6% têm outros motivos.


De acordo com a SES-GO, 376 mil moradores do estado com mais de 18 anos ainda não procuraram um posto de vacinação. Segundo as respostas dos municípios à secretaria, 236,8 mil deles estão nos grupos do que se recusam a tomar as vacinas. Os dados foram obtidos por amostragem e busca ativa dos moradores pelas prefeituras.

Com esta resistência por parte da população, a cobertura da primeira dose patina: conforme do Portal Covid-19, da SES, até a tarde desta terça-feira (26), 71,5% dos adultos haviam recebido a primeira dose (45,8% completaram o calendário vacinal).

Apesar de considerar que os números são mais altos, por causa da demora de abastecimento dos dados por parte dos municípios, a superintendente de Vigilância em Saúde da SES-GO, Flúvia Amorim, admite que o estado pode ter se aproximado de um teto da vacinação. “A tendência é não mudar muito a (cobertura de) D1”, diz. D1 é como os técnicos se referem à primeria dose das vacinas contra a Covid-19. - Via O Popular



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif