• Folha de Jaraguá

Estado dará ao Ministério Público acesso a lista de fura filas de vacinas

22/02/2021 (18hs53m) - A secretaria estadual de Saúde vai encaminhar ao Ministério Público as informações disponíveis no sistema nacional de imunização, onde consta o nome de todas as pessoas que foram e serão vacinadas em Goiás. Com os dados em mãos, o Ministério Público vai tomar providências contra pessoas que estão furando a fila para receber dose do imunizante mais rápido.


O assunto foi discutido na tarde de sexta-feira, 22/01, pelo governador Ronaldo Caiado e pelo procurador-geral de Justiça, Aylton Vechi. O procurador diz que o MP já colheu relatos a respeito de ‘fura-filas’ no interior de Goiás e, em dois casos específicos, já começou a tomar providências legais.


O Ministério Público de Goiás (MP-GO) também iniciou uma campanha de conscientização contra a prática de “fura-filas” durante a vacinação contra covid-19. O órgão ainda faz um alerta sobre as penalidades aplicadas àqueles que forem flagrados. A vacinação no estado, por enquanto, atende grupos prioritários, que incluem profissionais da Saúde que atuam na linha de frente da pandemia, indígenas, idosos em abrigos e pessoas com deficiência.

Se vacinado, indivíduo que não pertence aos mencionados grupos pode responder pelo crime de infração sanitária. Se a pessoa for servidora pública, pode ainda ser alvo de ação por improbidade administrativa. Demais pessoas que contribuírem com a “carteirada” também podem ser punidas.




  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
750x250-px-dengue-x-covid.gif

© Copyright 2006 - 2021 Folha de Jaraguá