• Folha de Jaraguá

Em grande operação Polícia Civil de Jaraguá faz a prisão de estupradores de crianças

12/04/2021 (08hs05m) - A Polícia Civil de Jaraguá deflagrou na manhã desta sexta-feira 07/05 a Operação Olhos Atentos objetivando combater crimes sexuais contra crianças e adolescentes. Chegou ao conhecimento da autoridade policial vários casos de estupro de vulneráveis ocorridos na cidade de Jaraguá, e a par dessas informações iniciou diligências com o afã de identificar os autores.

Foram identificados quatro autores de crimes sexuais contra menores. A vítima A. S. O. , menor de idade, acabou engravidando do autor após os abusos sofridos. A menor L. M. V. , 13 anos, foi ludibriada pelo atual namorado da mãe e acabaram trocando fotos íntimas pelo aplicativo whatsap, inclusive o autor chegou a mandar foto do órgão genital para a menor, e foi o olhar atento da mãe que identificou a situação e compareceu até a unidade policial para registrar o fato.


Outro caso envolve várias vítimas, inclusive duas filhas do autor relatou abusos quando menores de idade, e hoje, a filha de uma delas, neta do autor, também relatou ter sofrido abuso por parte do avô. Foram até agora quatro vítimas desse autor.


Já a vítima A.J.S. , menor de idade, teve suas fotos íntimas expostas em rede social após romper o relacionamento com o autor. O autor foi localizado na cidade de Lavras/MG. Foram expedidos quatro mandandos de prisão, sendo dois cumpridos. A Polícia Civil de Goiás, numa operação conjunta com com a Polícia Civil de Minas Gerais, identificou e localizou o autor da exposição de fotos pornográficas, e, após foi dado cumprimento no mandado de prisão desse autor e ele encontra-se recolhido na Unidade Prisional de Bom Sucesso/MG aguardando o recambiamento para o Estado de Goiás.

O autor confessou o crime. Foi dado cumprimento também no mandado de prisão do autor que engravidou a menor, este encontra-se recolhido na Unidade Prisional de Jaraguá. Os demais autores encontram-se foragidos. As diligências continuam no sentido de prendê-los.


Faça sua parte: DENUNCIE por meio dos contatos telefônicos 197 e (62) 3326-1344 e zap (62) 985956551.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
CAMPANHA IPTU.jpg
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif