Em Goianésia mulher tem a língua cortada e se recusa a representar contra agressor

08/11/2020 - Na madrugada de sábado, 07, a Polícia Militar foi acionada via 190, recebendo a informação de que uma mulher estaria sendo espancada em uma residência no Bairro Muniz Falcão, região leste de Goianésia. De imediato uma viatura deslocou ao local e encontrou a vítima com a língua cortada.


A mulher disse que o ferimento havia sido causado por seu amásio que havia batido nela, porém, de acordo com a polícia, ela não teve interesse em representar contra o agressor. Assim, o Corpo de Bombeiros foi acionado e após realizar os primeiros socorros a conduziu para o Hospital Municipal Irmã Fanny Duran. Já o suposto agressor não foi encontrado. E caso será encaminhado para a Polícia Civil.


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif