top of page

Em Goiás, falsa cirurgiã plástica é presa por oferecer serviços pelas redes sociais

10/03/2023 (06hs50m) - A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon) prendeu hoje (09/3) Larissa Alves Plaza, 35 anos, body piercer que realizava cirurgias plásticas de otoplastia (correção de orelha de abano), loboplastia (correção de orelha rasgada), retirada de queloides na face (orelha e nariz), além de correção de flacidez em orelhas e até na região umbilical. Os procedimentos eram feitos sem autorização legal e colocavam em risco a saúde e a segurança de um número indeterminado de consumidores. Larissa foi presa Celina Park, em Goiânia.


No estúdio onde as cirurgias eram realizadas, a Vigilância Sanitária do Município de Goiânia constatou diversas irregularidades. A mulher foi presa em flagrante pelos crimes de exercício ilegal da medicina e execução proibida de serviço de alto grau de periculosidade (art. 65, CDC).


A mulher presa aplica piercings há 14 anos. Pelo menos de 2021 até agora, começou a performar cirurgias plásticas de reconstrução, segundo ela mesmo divulga em sua rede social. A divulgação do nome e imagem da presa foi autorizada por despacho da Delegada de Polícia que preside o inquérito policial, no intuito de possibilitar a identificação de novas vítimas e o surgimento de outros elementos informativos acerca da dinâmica dos fatos criminosos, em consonância com a Lei 13.869 e Portaria 547/2021-PC.




  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
webbanner-728x90px.gif
bottom of page