Delegada substituta investigará morte de preso na Unidade Prisional de Jaraguá

13/12/2020 - De acordo com Thalys Alcântara, (O Popular) a Delegada de Goianésia, Poliana Bergamo, que responde por Jaraguá durante as férias de Glênio Ricardo, informou que vai investigar se o caso da morte de um preso na Unidade Prisional de Jaraguá realmente se trata de um suicídio. E aguarda os exames que serão enviados pelo o IML.


No fim da manhã de quarta-feira, 09 de dezembro, um preso da unidade prisional de Jaraguá, Ronisclei Veríssimo de Almeida foi encontrado morto, com o pescoço amarrado por um lençol, dentro de uma cela. Ele havia sido colocado em uma cela com presos transferidos da Penitenciária Odenir Guimarães (POG). A morte foi registrada como suicídio.


Segundo as informações apuradas pelo Jornal O Popular, o próprio detento teria pedido para ficar na cela, pois conheceria alguns deles. Antes, Ronisclei ficava isolado, pois era considerado sem convivência com os outros detentos de Jaraguá. Segundo o superintendente da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária, Jonathan Marques, servidores da unidade informaram que a vítima havia assinado um termo dizendo que poderia ficar na cela com transferidos da POG.




  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif