• Folha de Jaraguá

Criminosos que morreram em Jaraguá transportavam munição de fuzil e drogas

18/06/2021 (08hs31m) - A polícia deu mais detalhes sobre a Operação que resultou na morte de três criminosos na manhã de quinta-feira, 17/06, após um confronto envolvendo o CPE - Anápolis, na BR-153, próximo ao Posto do Gaúcho, no município de Jaraguá. De acordo com a polícia eram quarto criminosos, três morreram e um conseguiu fugir. Os três alvejados foram socorridos pelos próprios policiais e levados para o Hospital Estadual de Jaraguá - HEJA, mas não resistiram.


Os policiais receberam informações que um Renault/Duster prata com placa de Goiânia, havia sido utilizado por criminosos para furtar um malote contendo mais de R$ 8 mil na cidade de Morrinhos, eles haviam sido vista na BR-153 até que localizaram o veículo nas proximidades do Gaúcho.


Após uma breve perseguição e percebendo que não iam conseguir fugir da abordagem policial os suspeitos desceram do carro e tentaram fugir com o intuito de adentrar em uma mata atirando contra os policiais. No revide, três deles foram alvejados, e o quarto conseguiu entrar na mata.


Um dos criminosos, de acordo com o CPE foi identificado como Gabriel Gomes de Sousa, o Ben10 ou Pokémon, velho conhecido do meio policial com passagens por homicídio, roubo, e porte ilegal de arma de fogo. Ele seria membro da organização criminosa e era de altíssima periculosidade.


No veículo que os suspeitos abandonaram foram encontrados quase 20 kg de maconha, uma grande quantidade de substâncias para refino de cocaína, além de várias munições de fuzil 762. Foram apreendidas ainda uma pistola e dois revólveres. Todo material apreendido foi levado para a Delegacia de Polícia de Jaraguá que deverá investigar os fatos.



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif