• Folha de Jaraguá

Bolsonaro avisa que vai demitir o Presidente da Petrobras, General Silva e Luna

28/03/2022 (18hs14m) - O general Joaquim Silva e Luna, atual presidente da Petrobras, já foi informado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) de que não será reconduzido ao cargo na estatal.


Segundo apurou a coluna, a oficialização da saída dele deve acontecer apenas em 13 de abril, quando haverá reunião de conselho da Petrobras, e o nome de Silva e Luna não estará mais na lista de conselheiros. A informação foi publicada pela Veja e confirmada pela coluna.

O fato de o mandato de Silva e Luna ser até março de 2023, segundo fontes, não impede a troca.


Silva e Luna vinha passando por um processo de "fritura" por causa do aumento dos combustíveis.


Apesar de Bolsonaro ter feito diversas manifestações públicas a respeito do general, alguns auxiliares de Bolsonaro, principalmente os da ala militar, tentaram orientá-lo a não efetuar a troca, sob o argumento de que a figura do presidente da estatal não tem controle dos preços. Bolsonaro, no entanto, tomou a decisão nesta segunda-feira (28) e informou a Silva e Luna.

Substituto ainda não foi oficializado


Em Brasília, um dos nomes que está circulando como possível substituto de Silva e Luna é o de Adriano Pires, sócio e fundador do Cbie (Centro Brasileiro de Infraestrutura). Doutor em economia industrial pela Universidade de Paris XIII, Pires tem mais de 40 anos de atuação na área de energia e já passou pela ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis).


A coluna entrou em contato com Adriano Pires, mas não obteve resposta. Via UOL



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif