top of page

1º caso suspeito de varíola dos macacos de Goiás é de mulher sem histórico de viagem

28/06/2022 (20hs40m) - O primeiro caso suspeito de varíola dos macacos de Goiás, que foi informado pelo Ministério da Saúde em boletim, é de uma moradora de Goiânia. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), a mulher de 43 anos não tem histórico de viagem e está isolada em sua casa, na capital.


A superintendente de Vigilância em Saúde de Goiás, Flúvia Amorim, ainda explicou que a mulher está bem e que não precisou ficar hospitalizada.


"Ela apresentou febre, lesões, ganglios inchados e afirmou ter tido contato com uma pessoa que teve os mesmos sintomas", explicou a superintendente.


O caso está sendo monitorado pela Vigilância Epidemiológica de Goiânia. “As amostras foram coletadas e enviadas para análise no Laboratório de Saúde Pública (Lacen). Será feito o diagnóstico diferencial para outras doenças exantemáticas, e após a confirmação laboratorial, serão tomadas as medidas necessárias", explicou a secretaria.


Os resultados dos exames que vão confirmar se a paciente tem ou não a varíola dos macacos ainda são aguardados e, segundo Flúvia, a expectativa é que fiquem prontos até sexta-feira (1).


De acordo com o Ministério da Saúde, foram notificados dois casos no estado. No entanto, um foi descartado e o outro permanece suspeito. Segundo Flúvia, o primeiro notificado não atendia todos os critérios de definição de um caso suspeito.



Comments


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page