By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá

PATROCÍNIOS

Polícia elucida tentativa de homicídio contra jovem identificado como Rafinha

No dia 10/09/2019, no final da noite, houve uma tentativa de homicídio na cidade de Jaraguá. Cinco pessoas, sendo duas delas menores de idade, estavam no interior de um veículo GM/Monza, de cor vermelha, e estavam à procura de Rafinha. Localizaram a casa do alvo no Setor Dhema da Mata e, como “isca”, as mulheres do veículo desceram e fizeram com que o vítima se aproximasse do veículo. Assim que ele se aproximou, um indivíduo desceu rapidamente armado com uma arma de fogo e começou a atirar em Rafinha. A vítima correu e foi perseguida. O autor efetuou seis disparos e nenhum deles acertou a vítima.


Na sequência, quatro dos envolvidos empreenderam fuga no veículo, pois o que atirou não conseguiu retornar para o veículo. Assim que saíram do local foram abordados e presos em flagrante pela Polícia Militar (GPT). Foram autuados em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio qualificado e corrupção de menor os maiores Luis Gustavo Sulino Macaúba e Verônica Silva Amaral. Todavia, o quinto indivíduo e o que realmente tinha atirado na vítima não tinha sido identificado e localizado.


A Polícia Civil de Jaraguá então instaurou autos complementares para identificar a quinta pessoa. Após várias diligências dos policiais civis, no dia de hoje (26/11/19), a Polícia Civil concluiu os autos complementares e indiciou a pessoa de Ademar Leite de Sousa Filho, VULGO Demar OU Demarzinho pela prática do crime de tentativa de homicídio qualificado e corrupção de menor. Ademar foi o autor de todos os disparos de arma de fogo.


Também restou configurado que o crime foi arquitetado por Luis Gustavo Sulino Macaúba e Ademar Leite de Sousa Filho e, que, segundo depoimento de testemunha, o plano inicial deles era matar a vítima a facadas. Foi representado pela prisão temporária de Ademar o pleito foi deferido e os policiais civis conseguiram cumprir a prisão e, doravante, foi pleiteado pela conversão da prisão temporária em prisão preventiva. A motivação do crime foi a disputa de espaço entre facções criminosas rivais. Ademar está preso no CIS de Jaraguá.

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
petro-arabe2-17-8.gif
GIF-JARAGUA.gif
DT4997-Banner-190x250px.gif