By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá

PATROCÍNIOS

Em Goianésia, líder de facção é condenado a quase 9 anos de prisão

O júri popular de Goianésia, julgou três pessoas suspeitas de envolvimento com a tentativa de homicídio de um jovem em Goianésia. Após mais de oito horas, o trio recebeu o veredito judicial. Um dos suspeitos a ser submetido a julgamento foi Breno Cesário de Oliveira, o Satan, de 19 anos. Ele é investigado em liderar uma facção criminosa responsável por vários homicídios em Goianésia em 2019, no entanto, Breno foi julgado por uma tentativa de homicídio.

 

Atualmente ele se encontra preso no presídio de segurança máxima de Planaltina de Goiás, e no julgamento de terça-feira, 05 de novembro, foi condenado a 8 anos e 10 meses de prisão, por tentativa de homicídio qualificado.

 

Gustavo Bruno e Débora Rios, outros supostos envolvidos no crime, que também foram submetidos a júri popular  foram condenados a 6 anos e 8 meses de prisão, por tentativa de homicídio simples. INFORMAÇÕES SITE MEGANESIA

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
petro-arabe2-17-8.gif
GIF-JARAGUA.gif
DT4997-Banner-190x250px.gif