By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá

PATROCÍNIOS

Em Goianésia, reeducando do regime semiaberto é morto a tiros

No início da noite de sexta-feira, 01/11, o reeducando do regime semiaberto Paulo Henrique Gomes Sousa, de 25 anos, foi morto a tiros em uma mercearia, em frente à quadra de esportes, no Residencial Ipê. O terceiro homicídio em 10 dias.

Segundo informações da polícia, a vítima estava na mercearia quando um motociclista chegou e o chamou. Após trocarem algumas conversas, o motociclista sacou uma arma de fogo, provavelmente pistola, e realizou alguns disparos a queima roupa contra Paulo Henrique.

 

O socorro chegou a ser acionado, porém, não puderam fazer nada, haja vista que ele já se encontrava morto.A polícia informou ainda que ele estava cumprindo pena no regime semiaberto, com uso tornozeleira eletrônica, pelo crime de tráfico de drogas, e sua morte pode estar relacionada a dívidas com algum traficante.

 

Como de praxe, o local foi isolado pela Polícia Militar com o objetivo de preservá-lo para que fosse realizada a perícia, para em seguida o corpo ser liberado ao Instituto Médico Legal - IML. De acordo com site Meganesia, esta foi a 17ª morte violenta em Goianésia em 2019, sendo duas em confronto com a polícia, e 15 homicídios.

 

Homicídios em Goianésia em 2019
1º - Erick Wevertton Alves Fernandes, de 20 anos. Morreu no dia 29 de janeiro no Hospital de Urgências de Anápolis - HUANA - depois de ser baleado na Rua 25 Norte, Bairro Carrilho, na noite anterior.

 

2º - Janderson Luiz Ferreira, de 31 anos, foi alvejado por quase 30 disparos de arma de fogo (9 mm e 380) em um bar no Bairro Amigo.

 

3º - Carlos Afonso dos Santos, de 28 anos, foi alvejado por vários disparos de arma de fogo (calibre 380) em sua residência na Rua 51, Bairro Muniz Falcão, chegou a ser conduzido para a Unidade de Pronto Atendimento - UPA - mas não resistiu aos ferimentos.

 

4º - Willian Rodrigues, de 23 anos, foi morto com 05 tiros de pistola calibre 380 na Rua 03, próximo à Rua 04, Bairro Amigo.

 

5º - Osmar do Couto, de 52 anos, foi morto com disparos de arma de fogo após se desentender com seu colega de trabalho no Assentamento Vitória, Zona Rural de Goianésia.

 

6º - Jairo Macedo de Sousa, de 22 anos, morreu no início da noite de domingo, 28, uma semana depois de ser esfaqueado em um bar, na Avenida Contorno, Bairro São Cristóvão.

 

7º - Marcos Vinícius F. Machado Borges, de 14 anos, morreu após ser esfaqueado durante uma festa maína no Clube do Gasa depois de ser esfaqueado na noite do dia 11 de maio.

 

8º - Lúcio Monteiro Alves da Silva, de 27 anos, morreu no último dia 13 de julho de bala perdida após ser alvejado com pelos menos dois disparos em um bar no Bairro Amigo durante um tiroteio no dia 16 fevereiro.

 

9º - Alexandre Alecrim Guimarães, o Duba, de 30 anos, morto com vários disparos de pistola .40 e 9 mm na noite do dia 19 de julho, no Residencial Paulo Dias.

10º - Renato Quintino de Andrade, de 32 anos, morto a tiros na noite do dia 20 de julho, em sua residência no Parque Araguaia.

 

11º - Wesley Martins de Araújo, o Gorilinha, de 18 anos, foi alvejado com vários disparos de arma de fogo calibre 9 mm, na noite do dia 25 de julho, em uma “Jantinha” no Residencial Ipê.

 

12º - Thaiwan Gabriel de Freitas Camargo, de 17 anos, foi alvejado com 04 disparos de arma de fogo calibre 380, dentro de sua casa na noite do dia 30 de julho.

 

13º - Luiz Felipe de Jesus França, 21 anos, morto com um tiro na cabeça na noite do dia 23 de outubro, na Rua 35 Norte, Bairro São Cristóvão.

 

14º - Maycon Murilo Siqueira, de 20 anos, morto a tiros na noite do dia 24 de outubro, na Rua 36, Bairro Parque Araguaia.

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
petro-arabe2-17-8.gif
GIF-JARAGUA.gif
DT4997-Banner-190x250px.gif