By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá

PATROCÍNIOS

Secretário consegue acordo entre Lavanderias e o Ministério Público de Jaraguá

Depois que o Ministério Público, através do promotor Everaldo Sebastião de Souza, se manifestou sobre a questão envolvendo o Córrego Monjolinho, com a possibilidade de um novo processo judicial que poderia até mesmo levar ao embargo das lavanderias, que ainda não fizeram o trabalho de recuperação do córrego. O Secretário Municipal de Indústria, Comércio e Turismo de Jaraguá, Bruno Cesar, procurou os empresários e o MP, para negociar uma solução para o problema. E na semana passada foi assinado um acordo entre as partes envolvidas.

 

De acordo com o Secretário Bruno César, as empresas se comprometeram já para os próximos 30 dias contratar um sistema de reaproveitamento da água e começar as obras, o investimento, segundo ele, vai garantir que o Córrego Monjolinho, será preservado daqui pra frente. “O que não for possível ser reaproveitado, será lançado com 90% de tratamento, atendendo aos parâmetros da legislação ambiental. Assim que estiver funcionado o promotor irá vistoriar o tratamento e dar a palavra final” ponderou.

 

Bruno César afirma que esses investimentos já acordados com a Associação das Lavanderias da Rua 10, com a anuência de todos os empresários poderão por fim a poluição do Córrego Monjolinho. “Acredito que essa seja a solução ideal para todos, até mesmo o consumo de água para as lavanderias será menor. Muitos compram água das empresas de caminhão Pipa, mas com o reaproveitamento esse volume vai diminuir. Isso irá gerar economia, tanto nos custos com tratamento quanto na aquisição de água. Agora basta colocarem em prática” comentou.

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
petro-arabe2-17-8.gif
GIF-JARAGUA.gif
DT4997-Banner-190x250px.gif