By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá

PATROCÍNIOS

Associação Moriá aceita condições do Ministério Público e fará a Pecuária de Jaraguá

De acordo com informações obtidas pelo repórter Dude Bill, a Associação Moriá decidiu fazer a Exposição Agropecuária de Jaraguá, a entidade está sendo investigada pelo Ministério Público, por suspeitas de uma série irregularidades. Na sexta-feira, 19 de julho, a pedido do Procurador Geral do Município, Euclides Neto, o Promotor de Justiça, Everaldo Sebastião de Souza, se reuniu com os responsáveis pela Associação Moriá, e reafirmou que não abre mão de investigar a entidade, mas para a cidade não ficar sem a festa, impôs algumas condições a Prefeitura e os organizadores para que o evento aconteça.

 

Entre as condições, reafirmadas pelo Ministério Público, está a Assinatura de um TAC, regulamentando diversas situações em defesa do consumidor e para o bem da organização da festa. Que a Prefeitura só repasse o patrocínio de 100 mil reais, após a festa e se tudo que estiver no edital de licitação for cumprido, que seja praticado o preço de mercado na venda de bebidas dentro do parque, com a fiscalização do PROCON. Diante das condições colocadas pelo MP, a Associação Moriá, pediu um prazo para analisar a proposta.

 

A resposta de acordo com o repórter Dude Bill, veio no final da manhã de sábado, 20 de julho, com um diretor da Associação, afirmando que mesmo diante da investigação que sofrerão, mesmo com a assinatura de TAC e das demais fiscalizações, ainda assim irão realizar o evento, que começa na quinta-feira, 25 de julho. As informações de bastidores são de que a custo da festa pode chegar 700 mil reais.

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
petro-arabe2-17-8.gif
GIF-JARAGUA.gif
DT4997-Banner-190x250px.gif