By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá

PATROCÍNIOS

Promotor Giuliano Lima diz que creches devem priorizar vagas as famílias carentes

O Ministério Público, através do promotor Giuliano Lima, enviou oficio a Secretaria Municipal de Educação, com recomendação para que as vagas nas creches de Jaraguá sejam priorizadas para as famílias de baixa renda. O promotor constatou que hoje, muitas pessoas que tem boas condições financeiras, estão ocupando vagas de quem realmente precisa. Como no próximo mês começam as inscrições para próximo ano, ele quer que a secretaria adote critérios para as vagas disponíveis.

 

De acordo com o promotor, não se trata de fazer o desligamento por completo de famílias que tem melhores condições financeiras, nem fazer discriminação, mas que se prestigiem aqueles que não têm condições. “O ideal era que houvesse vagas para todos. Mas diante desse quadro é preciso que se eleja um critério e o mais isonômico, mais próximo do texto constitucional é o critério sócio econômico” argumentou.

 

Giuliano Lima disse que as famílias que se inscreverem para as vagas nas creches, devem ser avaliadas pela assistência social do município. “Você vai colocar a ordem das vagas de acordo com a pior condição sócio econômica, é uma ordem decrescente” afirmou. A medida vale também para São Francisco e Jesúpolis, cidades sob a jurisdição da comarca de Jaraguá.

 

VÍDEO

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
petro-arabe2-17-8.gif
GIF-JARAGUA.gif
DT4997-Banner-190x250px.gif