By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá

PATROCÍNIOS

Casal de falsários é preso pela polícia em Jaraguá tentando legalizar fazenda de 400 alqueires

 Na quinta-feira, 03 de agosto, por volta das 15h, a Polícia Civil de Jaraguá foi acionada por um dos Cartórios de Registro de Imóveis da cidade para averiguar uma situação que ocorria dentro do estabelecimento. No local os policiais encontraram um casal, os quais se identificaram como sendo João Pedro Cantares e Malaca José Cantares.

 

Os policiais civis desconfiaram da dupla e passaram a fazer várias perguntas ao casal até que, em determinado momento, descobriram que o casal estava usando documentos falsos. João Pedro Cantares na verdade é Adenizio Gomes de Castro (50 anos de idade) e Malaca José Cantares, na verdade é Rosilene Conceição dos Santos (41 anos de idade).

 

O casal estava no Cartório para passar uma procuração falsa a um terceiro, dando totais poderes, a esse terceiro para fazer o que bem entender com uma propriedade rural de mais de quatrocentos alqueires localizada na cidade de Cavalcante.

 

A Certidão Negativa do Imóvel Rural é falsa. Os servidores do Cartório também suspeitaram da documentação apresentada. O casal informou que receberia mil reais, cada um, para praticar o “golpe”.

 

Adenizio Gomes possui uma passagem na policia pelo crime de tráfico de drogas (artigo 33 da Lei de Drogas) na região de Brasília-DF. O casal foi conduzido para a Delegacia de Polícia e foram autuados em flagrante pelo crime de uso de documento falso (artigo 304 do CPB).

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
petro-arabe2-17-8.gif
GIF-JARAGUA.gif
DT4997-Banner-190x250px.gif