By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá

PATROCÍNIOS

TAC entre Ministério Público e organizadores limita a 100 o número de mascarados nas Cavalhadas

 

O Ministério Público de Jaraguá propôs na quarta-feira, 17 de maio em uma reunião um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), aos envolvidos na realização das Cavalhadas e Festa do Divino, que irá se encerrar no dia 05 de junho, mas que começará na próxima semana. Representantes da Polícia Militar, SMT, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Clube das Cavalhadas, Prefeitura e da Igreja Católica participaram da reunião onde foram discutidos os termos do TAC.

 

Em relação ao Termo de Ajustamento de Conduta de 2016, este ano houve apenas duas mudanças significativas. Como o tema sobre as Cavalhadas é sempre polêmico, dessa vez não poderia deixar de ser, segundo pessoas que participaram da reunião, de forma educada, mas firme houve um embate entre o representante do Ministério Público e da Igreja Católica, sobre as questões da igreja relacionadas à festa.

 

MUNDANÇAS

 

De acordo com o repórter Dude Bill, ficou acertado que menores de idade não poderão mais usar máscaras durante o período que compreende as cavalhadas, mesmo que tenha autorização dos pais.

 

Também ficou limitação a 100 pessoas, o número de participantes adultos usando mascaras nas Cavalhadas, o mesmo número vale para menores quanto as Cavalhadinhas. Essa questão envolvendo os mascarados se tornou um enorme problema com a explosão descontrolada da criminalidade em Jaraguá, onde bandidos se aproveitam da festa, para praticam crimes.

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
petro-arabe2-17-8.gif
GIF-JARAGUA.gif
DT4997-Banner-190x250px.gif