top of page

Quatro servidores do Detran Goiás são afastados por suspeita de corrupção

12/12/2023 (18hs25m) - O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran) afastou quatro servidores suspeitos de envolvimento em práticas de corrupção. Os indícios colhidos pelo serviço de inteligência da autarquia sugerem que os investigados participavam de um esquema de cancelamento de multas de trânsito que já teria resultado no abono de pelo menos 300 autuações.


De acordo com o Detran, esses servidores cobravam de 30% a 40% do valor da multa ou o valor fixo de R$ 200 para cancelar as infrações.


A autarquia informou também que pelo menos outras 12 pessoas participariam do esquema, entre elas despachantes. "Os servidores foram afastados das funções operacionais, ficaram sem senha e foi iniciado um processo administrativo que pode resultar em demissão.


Um dos servidores foi exonerado. A apuração já foi encaminhada para a Polícia Civil para a completa elucidação dos fatos", diz o Detran.


Como funcionava

Um dos servidores envolvidos tinha acesso ao sistema do Detran para cumprir decisões judiciais que determinavam o cancelamento de autos de infração. Eles aproveitavam a permissão e cancelavam autos de infração diferentes do determinado pela justiça.


O presidente da autarquia, ex-deputado Delegado Waldir, apresentará mais detalhes do caso nesta quarta-feira (13). - Via Mais Goiás



コメント


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page