top of page

PF desmonta plano do ‘PCC’ para matar Moro, um dia após fala ameaçadora de Lula

22/03/2024 (07hs25m) - O senador Sérgio Moro (União Brasil-PR) informou em suas redes sociais que fará pronunciamento ainda nesta quarta-feira (22) sobre o plano da organização criminosa “PCC” para assassiná-lo, de acordo com operação deflagrada nesta manhã pela Polícia Federal.


A PF cumpre 11 mandados de prisão e 21 de busca e apreensão contra os criminosos que planejava atentar contra a vida de Moro e de um promotor de Justiça, cujo nome ainda não foi revelado, e sequestrar várias outras autoridades.


Os mandados são cumprimentos no Distrito Federal e nos estados do Mato Grosso do Sul, Paraná, Rondônia e São Paulo.


A operação coincide com a confissão de um plano de vingança do presidente Lula contra Moro, revelado durante entrevista a um site de notícia, nesta quarta-fera.  Lula afirmou haver alimentado na prisão, que cumpriu por corrupção e lavagem de dinheiro, o desejo de “foder com o Moro”.



Após afirmar “eu tô aqui pra me vingar dessa gente”, Lula pediu aos jornalistas para excluir os palavrões, mas a entrevista era transmitida ao vivo.


O senador usou as redes sociais para anunciar que fará um pronunciamento hoje a tarde, mas já agradeceu ao trabalho das forças de segurança.


Sobre os planos de retaliação do PCC contra minha pessoa, minha família e outros agentes públicos, farei um pronunciamento à tarde na tribuna do senado. Por ora, agradeço a PF, PM/PR, Polícias legislativas do Senado e da Câmara, PM/SP, MPE/SP, e aos seus dirigentes pelo apoio e trabalho realizado. Disse Moro. | Informações Diário do Poder



Comments


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page