top of page

Oposição acusa Lula de racismo e machismo após fala sobre jovem negra em discurso

03/02/2024 (15hs43m) - Lula disse na sexta-feira, 2, que “afrodescendente gosta do batuque de um tambor”. A declaração foi feita a uma jovem negra durante cerimônia na fábrica da Volkswagen, em São Bernardo do Campo, em São Paulo.


O petista disse que pensou que a mulher fosse uma cantora, uma percussionista, ou namorada de alguém que estava no evento. Deputados bolsonaristas não perderam a oportunidade de acusar Lula de racista.


Eis a declaração:


“Essa menina bonita que está aqui. Eu estava perguntando: ‘O que é que faz essa moça sentada? O que é que faz essa moça sentada que eu não ouvi ninguém falar o nome dela?’. Eu falei: ‘Ela é cantora. Ela vai cantar’. Aí perguntei: ‘Não, não vai ter música. Então ela vai batucar alguma coisa? Porque uma afrodescendente assim gosta de um batuque, de um tambor’. Também não é. Eu falei: ‘Nossa, então ela é namorada de alguém’. Também não é. O que é que é essa moça? Essa moça foi premiada o ano que vem como a mais importante aprendiz desta empresa e ganhou um prêmio na Alemanha.”


Em seu discurso, Lula também abordoou um relacionamento hipotético com a jovem.


“Eu, se eu pudesse, eu perguntava: quer namorar comigo? Não, ela não quer. Ela não quer porque tem coisa melhor no mercado e eu também não quero, porque eu tenho a Janja. E a Janja vai ficar brava com você.”


A jovem que subiu ao palco com Lula é Luiza Eduarda Leôncio, de 20 anos, operadora especialista da Volkswagen. Em 2023, ela ganhou um prêmio de melhor aluna aprendiz da montadora.


A declaração do presidente repercutiu nas redes sociais. O termo “racismo” aparece entre os assuntos mais comentados no X na manhã deste sábado, 3.



コメント


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page