• Folha de Jaraguá

Mulher é presa em Goianésia por estelionato e desacato

A Polícia Civil de Goianésia realizou a prisão de uma mulher por estelionato, resistência à prisão e desacato. De acordo com informações colhidas pelo Portal Meganésia, a mulher foi presa em uma loja de eletrodoméstico no Bairro Carrilho tentando fazer uma compra usando documentos falsos. Os funcionários da loja desconfiaram da documentação e acionaram a Polícia Civil que já vinha investigando a suspeita por este tipo de crime. Quando os policiais chegaram à loja e solicitaram sua documentação, ela apresentou documentos diferentes dos que estavam inseridos no contrato que ela iria assinar para finalizar a compra.


Ao receber voz de prisão por estelionato a mulher resistiu à prisão e também recebeu voz de prisão por resistência. Chegando à Delegacia de Polícia - DP, a mulher ainda desacatou os policiais e então foi autuada por desacato.Outro crime que a suspeita pode responder é o crime de difamação. Em uma rede social, ela teria difamado os trabalhos da Polícia Civil dizendo, inclusive, que já havia trabalhado na repartição como estagiária por dois anos, entretanto, a informação que chega à nossa reportagem é de que ela jamais trabalhou na DP.


A mulher deverá passar por audiência de custódia e o Poder Judiciário é quem irá dizer se ela continuará presa, ou será liberada. A Polícia Civil tem agora 10 dias para concluir o inquérito.


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS

By R2 Soft - © 2016 Folha de Jaraguá