top of page

Mais de 28 mil empresas são abertas em Goiás, em 10 primeiros meses

07/11/2023 (08hs41m) - Goiás recebeu 2.615 novas empresas no mês de outubro. No somatório do ano, de janeiro a outubro de 2023 o Estado registra 28.398 negócios abertos. Este número, conquistado a dois meses do término de 2023, indica que Goiás pode bater seu próprio recorde em dezembro. A marca histórica é de 2021, com 33.082 novas constituições empresariais. Os dados são da Junta Comercial de Goiás (Juceg).


Para o presidente da Juceg, Euclides Barbo Siqueira, a expectativa é alcançar o recorde no último mês do ano, já que faltam 4.685 empresas para se alcançar a marca histórica e a média mensal deste ano é 2.840 constituições. "Se olharmos pela média, com tranquilidade chegaremos lá porque ultrapassa o número. E ainda temos que considerar que estamos em época de fim de ano, quando as pessoas se encorajam para empreender porque tem 13º salário na praça e compras em alta com as festividades de natal e réveillon. Ou seja, o cenário é super favorável," diz.


O acumulado de 2023 também traz outros detalhes: dos 28.398 novos negócios abertos em Goiás, 13.050 contam com mulheres no quadro societário e 1.358 possuem capital superior a R$ 500 mil.


Hoje, Goiás tem 1.095.457 empresas em seus municípios, sendo quase um terço delas, ou 31,64%, na capital. Goiânia (335.788), Aparecida de Goiânia (80.905), Anápolis (64.204), Rio Verde (34.635), Valparaíso de Goiás (24.391) e Luziânia (23.907) puxam o ranking das cidades que mais possuem empresas no estado.


Outubro

No mês de outubro os empreendimentos que mais abriram portas no Estado foram: serviços combinados de escritório e apoio administrativo (274), comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios (185), comércio varejista de bebidas (183), preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativo não especificados anteriormente (171) e treinamento em desenvolvimento profissional e gerencial (179).


Também em outubro, o Estado continua liderando o ranking de abertura de novos negócios entre as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, segundo dados divulgados pelo governo federal por meio do Portal da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas (Redesim). O estado do Ceará ficou em segundo lugar, com 2.246 empresas e, em terceiro, Mato Grosso, com 2.104 novos empreendimentos.



Comments


  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page