top of page

Jesúpolis entre os municípios com a menor geração de riqueza de Goiás, conforme IBGE

16/12/2022 (17hs09m) - De acordo com estudo publicado pelo IBGE entre os municípios com as menores geração de riqueza para a população do estado, se destacaram; Jesúpolis (a 39 km  de Jaraguá) além de Cachoeira de Goiás e Nova América, Teresina de Goiás, Damianópolis e Adelândia.


Já o município goiano de Anhanguera apresentou o oitavo menor PIB do país e o mais baixo do Centro-Oeste. Localizada no Sul goiano, a cidade registrou R$ 22,4 milhões em soma de produção de bens e serviços em 2020.


Já na lista dos mais ricos, em relação ao Centro-Oeste, Goiás possui oito dos vinte maiores PIBs municipais. Além de Goiânia, o destaque é para Anápolis (R$ 15,3 bilhões), Aparecida de Goiânia (R$ 14,9 bilhões) e Rio Verde (R$ 11,9 bilhões).


As duas primeiras aparecem em 5º e 6º lugares, respectivamente, atrás somente das capitais da região. O ranking do Centro-Oeste, contudo, é liderado por Brasília que tem PIB cinco vezes maior que o de Goiânia.


Entre os vintes maiores valores municipais da região, também chamam a atenção Catalão (R$ 7,3 bilhões), que aparece em 14º, seguido de Jataí (R$ 6,0 bilhões) em 15º, Itumbiara (R$ 4,8 bilhões) em 18º, e Luziânia (R$ 4,8 bilhões) em 19º.




  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page