top of page

Jaraguá não obteve nenhuma vantagem financeira por abrigar Praça de Pedágio

09/01/2023 (13hs35m) - Inicialmente chegou-se a dizer que a instalação da praça de pedágio em Jaraguá, renderia algo em torno de 300 mil reais mensais aos cofres da Prefeitura. Porém uma mudança feita na legislação no Congresso Nacional tirou do município qualquer vantagem financeira, por abrigar o Praça de Pedágio.


De acordo com a mudança na legislação, o valor é repassado proporcionalmente aos municípios, tendo como base a extensão de quilometragem e tarifa do pedágio. Em dezembro 2022, em entrevista à Rádio Sucesso FM, o Prefeito Paulo Vitor disse que o repasse ao município está entorno de 80 mil reais, devido aos 35 km de extensão, só perdendo para Poragantu com 37 km de extensão.


Ou seja, Jaraguá recebe pela quilometragem de estrada dentro do município e não por abrigar a Praça de Pedágio, como se imaginou anteriormente. A única boa notícia é que vários empregos foram gerados para moradores de Jaraguá.


Por lado quem paga o pedágio mais caro do Brasil cobrado pela Ecovias do Araguaia está na bronca em relação condições das estradas, cheias de buracos e querem a suspensão da cobrança até que o recapeamento seja feito. | Texto e imagem Folha de Jaraguá



  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
ACIJ.png
laclin.JPG
PATROCÍNIOS
midia-top-2022.gif
bottom of page