• Folha de Jaraguá

Já estão soltos os estudantes de medicina de Goianésia presos por fraude

03/11/2021 (06hs43m) - Os 19 estudantes suspeitos de fraudarem documentos para ingressarem de forma ilícita em universidades foram liberados da prisão. Dezessete deles foram presos em Goianésia no Vale do São Patrício, um de Formosa, no Entorno do Distrito Federal e outro em Barreiras, na Bahia. Eles são suspeitos de fraudar históricos escolares para conseguirem ingressar nas universidades como se estivessem vindo de outra instituição.

Os suspeitos foram alvos de mandado de prisão na semana passada e todos foram expulsos, segundo a Universidade de Rio Verde (Unirv). Em audiência de custódia, na última quinta-feira, a justiça havia decido por manter a prisão deles.


Conforme as investigações da Polícia Civil (PC), alguns dos estudantes que ingressaram na faculdade nunca estudaram medicina e já entravam no quinto ou sexto período do curso. Outros já estavam na fase de internato e atendendo à comunidade.


A investigação apontou ainda que parte deles pagaram até R$ 80 mil para conseguir entrar no curso. Os suspeitos podem responder por falsidade ideológica e associação criminosa.





  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
radar novembro 2020.gif
petro-arabe2-17-8.gif
PATROCÍNIOS
midia-top-2020.gif